Preloader

Instalação com impressão digital em vidro na Biblioteca Mário de Andrade

 

Em 2016 a Biblioteca Mário de Andrade recebeu a instalação em vidro assinada pelo artista plástico Alex Flemming. Ficaram expostos retratos de pessoas que frequentavam e que trabalhavam na biblioteca, além do tradicional autorretrato do artista.

A obra foi composta por 16 grandes placas de vidro fornecidas pela empresa AGC Vidros do Brasil e transformadas pela Impressão Digital em Vidro, pesando no total 1,5 toneladas e ocupando área de 150m2, instaladas ao longo do corredor de vidro da Biblioteca. Estampadas em três das quatro faces das placas, as obras podem ser vistas por quem está dentro e fora da biblioteca e de cada lado apresentando cores e sensações diferentes. Essa obra pública teve o patrocínio da AGC e é foi uma iniciativa da Abividro, que tem se notabilizado por dar protagonismo ao vidro através das artes.

 

Obra com vidro na biblioteca Mário de Andrade

Há três anos o artista plástico paulistano radicado em Berlim, na Alemanha, foi convidado pelo diretor da biblioteca para expor no local sua série de fotogravuras chamada "Paulistânia". Dentre as obras expostas, Flemming reproduziu, em plotter, alguns personagens do trabalho que realizou há 18 anos na Estação Sumaré do Metrô, em que retratou o rosto de desconhecidos cobertos com poesias brasileiras. Da exposição surgiu a proposta de criar uma nova obra pública para a biblioteca.
 

Instalação de chapas na biblioteca Mário de Andrade


O artista acredita que existe uma diferença importante entre essa obra e a série de retratos instalados na estação Sumaré do Metrô. “ O trabalho do artista deve ser dinâmico, refletir o momento em que é realizado. Nessa série para a Biblioteca Mario de Andrade eu utilizei inúmeras inovações de ordem técnica e introduzi a cor dentro o conceito da imagem-retrato. A Biblioteca é um organismo vivo, pulsante, multifacetado. Ela vibra por causa das pessoas que circulam aqui diariamente, e eu concretizei plasticamente nos meus retratos a ideia de um conceito de um mundo livre, sem amarras e sem preconceitos”, conta o artista.

 

Instalação de Alex Flemming na estação Sumaré

Com a tecnologia da Impressão Digital é possível transformar fachadas inteiras com imagens, desenhos ou cores. Mande seu projeto para nossa equipe e transforme completamente as chapas de vidro.

 

Posts